Governo suspende o contrato de execução da obra de construção da ponte que dá acesso ao aeroporto Nuno Xavier

  • 2
© Image Copyrights TVS
Font size:
Print

Um ano depois da enxurrada, a ponte que dá acesso ao aeroporto internacional continua impraticável a causar constragimentos no transito. A destruição é ainda visível e a sua reconstrução deve ser prioritária devido grande fluxo de trânsito nesta via que liga o aeroporto Nuno Xavier. 
Os automobilistas estão insatisfeitos com a situação. Para além de dificultar a circulação de viaturas, o estado em que se encontra esta via pode por em causa a vida das pessoas. 
O conselho de ministros na sua última sessão analisou o concurso por convite realizado e adjudicado o contrato em 22 de Abril de 2022. Nessa reunião ordinária de 5 de Janeiro do corrente ano, o Governo de Patrice Trovoada autorizou o Ministro das Infraestruturas, Recursos Naturais e Meio Ambiente, Adelino Cardoso, a instruir os serviços a suspensão imediata do contrato de execução da obra e encetar contactos com empresas mobilizadas no país com a capacidade técnica e financeira para a execução imediata da empreitada.
 A decisão surgiu após a proposta do Ministro das Infraestruturas, Recursos Naturais e Meio Ambiente, e com base no parecer técnico apresentado pelo Instituto Nacional de Estradas INAE onde se concluiu algumas irregularidades na execução das obras de construção da ponte sobre o rio Melo da praia Largato. 
Os técnicos do INAE, segundo o parecer, dizem que há incumprimento do prazo contratual e limitações técnicas do pessoal-chave do empreiteiro, ou seja, Director da Obra. 
O parecer refere ainda que a realização física de apenas 10% da empreitada decorrido 8 meses, pese embora ter recebido 30% do montante global do contrato. Há também Insuficiências e omissões consideráveis de elementos técnicos relevantes no projecto de execução e riscos na circulação rodoviária na via alternativa construída pela empresa.
 O parecer dos técnicos do Instituto Nacional de Estrada aponta ainda o congestionamento frequente na via única de acesso ao Aeroporto Internacional Nuno Xavier.
 

Comentário(s) 2
  • Pontes

    Até quando chegaremos com esta atitude, uma coisa simple e prática, um estado um país, com mais de 40 anos de independência, vamos deixar de voltas, e tiramos essa vergonha da cara, ainda mais.

    7 Jan, 2023
  • Pontes

    no trajeto espelho da cidade e do pais, deixemos rodeios.

    7 Jan, 2023
Comentário