SOLNIVAN, Lda cria comissão de gestão para cervejeira Rosema depois da restituição da fábrica feita pelo Tribunal Constitucional

© Image Copyrights TVS
Font size:
Print

Num comunicado chegado a nossa redacção da TVS, a nova administração da Rosema, esclarece que a cervejeira é propriedade da SOLNIVAN, Lda, adquirida à empresa angolana JAAR, Lda, através, de uma adjudicação em processo judicial.  Segundo a nota é sabido que em processo judicial, citamos “quando alguém tem justo receio de ver-se prejudicado nos seus interesses com a prática por outrem de actos de destruição de bens ou desvio de montantes avultados, esse alguém tem o direito de acautelar-se, socorrendo-se de medidas adequadas, meios necessários à protecção dos seus interesses e direitos. Nesta data, não há qualquer acto de violação ou de assalto como se quer fazer entender, uma vez que estamos apenas em sede de cumprimento de uma decisão judicial, da mais alta instância jurisdicional do país, o Tribunal Constitucional”, diz o comunicado.
A nota destaca ainda que a SOLNIVAN, Lda criou uma comissão de gestão que está na direcção da Cervejeira Rosema, SARL e faz saber aos seus clientes e aos demais interessados, “que irá honrar todos os compromissos por si assumidos. Não pode nem deve em circunstância alguma a actual gestão e administração da cervejeira Rosema, SARL, responder pelos actos da gestão anterior, pelo que os clientes que já se tenham comprometido com a anterior gestão, devem recorrer-se a esta para ressarcirem-se de eventuais prejuízos”, fim de citação. 
 

Comentário