SAFEBOND quer negociar com o governo um novo acordo de concessão dos portos de Ana Chaves, ilha do Príncipe e Águas Profundas de Fernão Dias

© Image Copyrights TVS
Font size:
Print

O consórcio SAFEBOND quer negociar com o governo um novo acordo para gerir a ENAPORT. Em conferência de imprensa, esta quarta-feira, os representantes deste consórcio formado pelos empresários são-tomenses, angolanos e ganeses disseram que o diálogo será o melhor caminho para que nenhuma das partes não sejam prejudicadas. SAFEBOND quer a revogação da decisão do conselho de ministros de Janeiro último que suspende por um período de seis meses a concessão dos portos de Ana Chaves, ilha do Príncipe e Águas Profundas de Fernão Dias. Para o efeito, o consórcio já introduziu um processo no Supremo Tribunal de Justiça. Se as duas partes não chegarem ao acordo, SAFEBOND, diz que vai recorrer as instâncias judiciais para uma indemnização de 20 milhões de dólares.

Comentário