FMI poderá vir a desbloquear 20 milhões de dólares à S.Tomé e Príncipe ao abrigo da Facilidade de Crédito Alargado

© Image Copyrights TVS
Font size:
Print

20 milhões de dólares é o acordo alcançado entre a última missão do FMI e o governo são-tomense. Mas, o montante deverá depois ser discutido e aprovado pelo Conselho de Administração do Fundo Monetário Internacional. A equipa do FMI chefiada por Slavi Slavov visitou STP de 9 a 23 de Fevereiro do corrente ano e concluiu com as autoridades são-tomenses que o acordo de Facilidade de Crédito Alargado deverá situar-se em 20 milhões de dólares. A decisão é o resultado de um trabalho abrangente e de sucessivos encontros entre FMI e as autoridades são-tomenses sobre a situação macroeconómica. O novo programa com FMI é de 40 meses e visa restabelecer a estabilidade macroeconómica, melhorar as condições de vida da população, fomentar a recuperação económica e promover um crescimento sustentável. 

Comentário