Portugal dá 15 milhões de euros a São Tomé e Príncipe no dia que Patrice Trovoada regressa de uma missão ao estrangeiro

© Image Copyrights TVS
Font size:
Print

Portugal vai dar a São Tomé e Príncipe 15 milhões de euros para ajudar o país, a lidar com a crise económica, anunciou esta quinta-feira o governo de António Costa no final do Conselho de Ministros.
O anúncio acontece no dia em que o chefe do governo são-tomense, regressa ao país, depois de uma missão a Portugal e aos Estados Unidos de América. Patrice Trovoada, agradeceu ao governo português por este gesto de confiança.
"Foi aprovada a resolução que autoriza a disponibilização de um montante extraordinário de 15 milhões de euros para apoio direto ao Orçamento Geral do Estado de São Tomé e Príncipe", lê-se no comunicado distribuído no final da reunião dos ministros portugueses, em Lisboa, de acordo com a agência portuguesa de informação, Lusa.
A subvenção surge após a visita do primeiro-ministro, Patrice Trovoada, a Lisboa, no início do mês, na qual considerou que o arquipélago está a viver um "momento crítico" em termos económicos.
"Penso que Portugal não deixará de ajudar São Tomé e Príncipe neste momento crítico, estamos a ver as formas que serão as mais apropriadas”, adiantou à Lusa Patrice Trovoada, depois da reunião que manteve com o primeiro-ministro português, António Costa, em 08 de dezembro.
No encontro, os dois chefes de Governo falaram “longamente da situação económica e financeira” de São Tomé e Príncipe.
 

Comentário